Etérea Blog

Kopfstand

06 de maio de 2019
sussie-tatiana-vieira-kopfstand

é muito legal quando as coisas acontecem quando menos esperamos. Quando criança, brincávamos atrás da escola de plantar bananeira. Bem, eu só observava. Uma vez me ergueram e eu descobri o que era a cidade de cabeça pra baixo. No yoga, o mesmo. Devo ter feito umas duas vezes no Rio, mas porque igualmente me colocaram na parede. Neste sábado foi algo inédito. Estava fazendo a “postura do palhaço” e percebi que não percebi meu peso. Foi tudo muito simples. Resolvi fazer a postura seguinte, sem parede, que é como fazem/aprendem aqui. Foi como subir uma escada invisível. Subi como se fosse algo de todo dia. Estiquei as pernas por alguns segundos e então lembrei: opa, como como se freia, onde aterrissa? Então tudo virou uma cambalhota de corpo aberto e eu caí do ceú. Pelo barulho e susto geral, pensaram que fosse um anjo caído ou que eu tivesse me quebrado toda. xD
Mas foi só incrível mesmo. \o

é muito sensacional quando conseguimos fazer algo que nem de longe imaginamos fazer um dia.